15 março 2013

Mysterious Boy - 22° Capitulo

"Eu vi tantos rostos bonitos antes de te ver, agora tudo o que vejo é você. Não preciso destes outros rostos bonitos como preciso de você e quando você for minha, nesse mundo vai ter uma garota solitária a menos."

Madie P.O.V 

3 Semanas Depois.


Eu estava em um sono profundo, sabe aqueles que você se sente totalmente relaxada e em paz ? Acho até que quem visse iria pensar que eu estava morta de tão serena. Pra falar a verdade eu sempre fui especialista nesses assuntos, comer e dormir são sem dúvidas as coisas mais agradáveis do mundo e também as que eu sabia fazer de melhor.


Até que fui acordada a força por um barulho ensurdecedor, entre abri os olhos ainda sonolenta e só depois de um tempo pude perceber que era meu celular, quem foi o filho da mãe que teve a ousadia de me ligar a essa hora da madrugada ? Eu juro que tentei ignorar e voltar ao meu descanso mas parece que a pessoa realmente estava desesperada para falar comigo. 


Respirei fundo e passei minha mão pela cama até que achei aquela merda que estava me dando nos nervos, resmunguei e atendi sem ao menos olhar quem era. eu simplesmente odeio acordar cedo.


Eu: seja lá quem for espero que tenha algo realmente importante pra me falar ou então eu arranco seus olhos e dou pros cachorros comerem -disse rude.

Xx: você nem tem cachorros Madie -falou rindo, logo reconheci.
Eu: vai se foder Justin! -resmunguei.
Jus: bom dia pra você também -ele disse em um tom debochado, mais que ódio.
Eu: o que deu na sua cabeça pra me ligar ás -olhei no relógio ao lado da cama- 9 HORAS DA MANHÃ AINDA MAIS NO DOMINGO?
Jus: -riu- é que sabe, eu acordei a pouco tempo e não consegui mais dormir ai resolvi te ligar pra você acordar também -sua voz saiu o mais natural possível.
Eu: você só pode estar tirando uma com a minha cara -esbravejei.
Jus: é, eu to sim -disse rindo, não achei graça nenhuma.
Eu: hum então vai, me diz logo o que quer pra eu poder voltar a dormir.
Jus: nada disso, você vai tratar de levantar e se arrumar...
Eu: me arrumar pra que? Tá doido? -disse o interrompendo.
Jus: eu vou passar ai pra te buscar em uma hora, sem mais perguntas.
Eu: o que? Ah não Jus, me deixa quietinha aqui vai -fiz manha.
Jus: sem essa Madie, vai logo!
Eu: argh eu te odeio.
Jus: tá mentindo! Anda, agora você tem 58 minutos.
Eu: ai Justin eu juro que te mato.
Jus: verdade? Porque enquanto você tá ai me xingando eu não vejo a hora de te agarrar e te encher de beijos.

Eu não disse nada apenas sorri abertamente.


Jus: Madie?

Eu: que foi bobão?
Jus: já tá se arrumando?
Eu: não chato.
Jus: então tá esperando o que? Agora são 56 minutos.
Eu: tá bom idiota, to indo.

Desliguei antes que ele falasse mais alguma coisa e me espreguicei, levantei em um pulo, todo aquele mal humor tinha ido embora feito mágica. Sorri por um segundo pensando em tudo e acho que posso dizer que essas foram com certeza as melhores semanas de todos os tempos, cara tá tudo tão perfeito, depois daquele dia do baile foi só felicidade, eu estou cada vez mais louca pelo idiota do Justin. Na verdade nem sei o que realmente tá rolando ente nós, não somos amantes nem namorados mas sem dúvidas mais que amigos! Por que fala sério, amigos não se beijam como a gente se beija ah e aquele beijo, já não consigo me ver mais sem sentir os lábios dele nos meus, se tornou um tipo de vício incontrolável.


E sabe, ficar perto de Justin é algo tão bom, me sinto tão protegida e radiante junto dele. Quase não paro mais em casa, ele tem me levado a vários lugares que eu nunca imaginei que um dia iria, me mostrou o jeito dele de se divertir, eu pude conhecer mais o seu e meu lado louco e insano, é divertido demais, é bom demais você poder sair pra fazer o que bem entender com aquele cara que te faz ir a lua com apenas um toque, ele é maravilhoso, incrível!


Corri pro banheiro, lavei meu rosto em seguida escovei os dentes, me despi e entrei pro banho que não foi muito demorado. Vesti uma roupa mais simples afinal não tinha ideia de onde Justin ia me levar. Passei uma maquiagem leve, prendi meu cabelo e peguei meus óculos de sol, estava pronta. Desci as escadas pulando alguns degraus.


Assim que entrei na cozinha avistei Sophie cozinhando enquanto cantarolava, dei um beijo em seu rosto por trás o que a fez dar um pequeno pulo devido ao susto.


So: ai menina, assim você me mata de susto.

Eu: bom dia -disse rindo.
So: bom dia querida, o que te fez acordar a essa hora?
Eu: um passarinho azul -sorri.
So: passarinho azul, sei... -ela me olhei desconfiada.
Eu: e meu pai?
So: foi dar uma caminhada pela vizinhança -deu de ombros.
Eu: ah claro e Vic? Ainda não acordou?
So: sim mas ela não está se sentindo muito bem hoje.
Eu: entendi, manda um beijo pra ela -dei um gole em meu café.

Continuamos conversando sobre assuntos irrelevantes por mais um tempo até que escuto uma buzina, dei mais uma garfada na panqueca e corri até a porta.


So: a onde vai com toda essa pressa garota?

Eu: SAIR COM O JUSTIN -gritei e fechei a porta.

Justin P.O.V


8:30 da manhã de um domingo, me diz qual pessoa normal acorda a uma hora dessas? Eu é claro, mas espera de normal não tenho absolutamente nada. Quer dizer, isso é fora dos meus padrões, em finais de semana o dia só começa pra mim depois de 13 da tarde e olhe lá. Mas a verdade mesmo era que eu tava doido pra ver Madie de novo, eu não queria ficar mais nem um minuto longe dela, tem sido assim todo o tempo de umas semanas pra cá, a cada dia que passa ela me deixa mais louco por cada detalhe seu. Levantei da cama assobiando e assim que terminei de me arrumar liguei pra ela a chamando pra sair, acabei a acordando o que a deixou puta da vida, foi hilário.


Desci pra tomar café, minha barriga roncava pra porra. Minha mãe botou tudo na mesa e saiu dizendo que ia comprar sei lá o que pra Charlotte. Não dei importância, enchi uma tijela com cereal e leite e me esparramei no sofá, liguei a TV deixando em um canal qualquer enquanto me deliciava, parecia que eu não comia a anos.


Assim que acabei passei os olhos por meu celular e pude notar 5 mensagens de uma vadia louca e extremamente gostosa que conheci, se é que vocês me entendem, a alguns meses. A maluca não parava de me encher o saco, é o que acontece quando se sente o poder de Justin Bieber, você nunca mais esquece. Não respondi nenhuma delas e logo pude escutar passos leves vindo da escada. Olhei de imediato e dei de cara com Charlie me olhando enquanto coçava os olhos com uma mão enquanto a outra agarrava um urso de pelúcia.


Charlie: Jus, cadê a mãe Pattie? -ela disse um pouco rouca ainda pelo sono.

Eu: ela saiu mas já está voltando -falei com a atenção virada a um programa sobre carros que gosto de ver todo fim de semana.

E como sempre a ignorei, continuei olhando pra televisão quando ela se sentou ao meu lado um pouco afastada, a ouvia choramingar e aquilo estava começando a me irritar.


Eu: cala a porra da boca pirralha, mais que inferno! -gritei a fazendo dar um pulo e abraçar suas pernas enquanto chorava silenciosamente.


Por um minuto eu encarei aquela criança, seus cabelos loiros e lisos caiam cuidadosamente sobre seu rosto e iam mais ou menos até a metade de suas costas, ela parecia um anjinho, então que me dei conta da garotinha ingenua e pura que ela era, seus olhinhos suplicavam por ajuda, parecia desesperada. Me senti um lixo por a tratar daquele jeito, afinal Charlie não tem absolutamente nada a ver com meus problemas.


Eu: o que houve pequena ? -disse após um longo suspiro.

Charlie: monstros, eu sonhei com monstros Jus, eles, eles queriam me pegar -ela soltou todas as lágrimas que estavam presas, era um choro profundo.
Eu: -sorri de lado- fica calma tá bom? Monstros não existem.
Charlie: e-eu to com medo Jus, com muito medo.
Eu: tá tudo bem Charlie, eu to aqui com você -abri os braços e na mesma hora seu choro se transformou em um lindo sorriso, ela praticamente se jogou em meus braços.

A ajeitei em meu colo e afaguei seus cabelos tentando a acalmar.


Charlie: você é o melhor irmão do mundo todo.

Eu: -sorri- deixa só a Jazzy ouvir isso, vai ficar doidinha de ciúmes!
Charlie: to com saudade dela e do Jaxon -disse rindo.
Eu: eu também pequena, eu também.

Ela me olhou por alguns instantes e virou sua atenção para meu cordão, começou a brincar com o mesmo até que pegou no sono. A levei até seu quarto e a coloquei na cama em seguida dando um beijo em sua testa. Passei em meu quarto, peguei a chave do carro e sai para finalmente ver a minha garota.


Assim que cheguei em sua casa só bastou uma buzina e logo ela apareceu com um sorriso de tirar o folego no rosto, porra eu sou muito sortudo mesmo, ela é perfeita. Destravei a porta e Madie entrou rapidamente.


Madie: bom dia chatinho -disse me dando um selinho.

Eu: ótimo dia -sorri.
Madie: pra onde o senhor vai me levar? Posso saber?
Eu: mais é claro que não!
Madie: ah para vai, por favor Jus.
Eu: você vai ver! -pisquei pra ela a fazendo rir e me dar língua.

A patricinha desviou os olhos de mim e os correu pelos meus Cds que ficavam em uma especie de gaveta ou algo do tipo, ela foi olhando um por um até que arqueou a sobrancelha e pegou um deles o pondo pra tocar. Assim que começou não pude deixar de sorrir, além de tudo ainda gosta de Michael Jackson? Essa garota me surpreende cada vez mais.


Madie: amo as músicas do MJ -falou mexendo a cabeça no ritmo e cantando algumas partes.

Eu: ele é uma lenda -a olhei.
Madie: uhum, então...vamos?
Eu: ah claro, só espera um minuto, acho que tem algo de errado com a sua boca.
Madie: sério? Ai meu Deus o que é? Tá suja? -disse aflita abaixando o espelho e se olhando.
Eu: -ri- não é nada disso bobinha.
Madie: então o que é? -me olhou confusa.
Eu: é que ela não está coladinha na minha -sorri malicioso.
Madie: bobo -ela riu e me beijou.

O que era pra ser um simples beijo acabou virando uma coisa mais intensa, ela me deixava doidinho, o seu cheiro, o jeito que Madie acariciava meu cabelo e dava leves puxões, era excitante, me inclinei pra frente deixando meu corpo cair sobre ela a encostando na porta, apertei sua cintura e ela deu um jeito de enfiar a mão dentro de minha blusa arranhando minhas costas. Beijei seu pescoço a fazendo arfar, eu a desejava, cada movimento, cada olhar me fazia a querer mais e mais, meu pau já estava começando a dar sinal de vida quando Madison parou mais um de nossos beijos e me encarou sem graça.


Madie: acho melhor a gente ir -falou quase em um sussurro.


Assenti dando uma leve risada e acelerei o carro saindo dali. No caminho todo ela não parava de falar um minuto sequer enquanto eu contava minhas famosas piadinhas super engraçadas a arrancando altas risadas.


...


Eu: e ai, o que achou? -eu disse esperando alguma reação dela.

Madie: isso é sério mesmo? A gente tá em um jogo dos Lakers? -ela olhava tudo em volta com um brilho enorme nos olhos.

Eram pessoas gritando, correndo, rindo, entrando em filas, pais com seus filhos comprando aqueles dedos de esponja, eu adorava aquilo tudo, adorava o basquete e toda essa energia. A primeira vez que fui em um jogo foi quando era bem pequeno com meu pai e depois disso sempre que dá eu to indo em algum. Peguei na mão de Madie que ainda estava parada admirando o estádio e a levei até nossos lugares que eram ótimos, sabe como é, conheço pessoas que me dão esses tipos de beneficios.


Madie: cara isso é incrível, meu Deus! -disse se sentando e enchendo a boca com uns nachos que eu tinha acabado de comprar.

Eu: hey vai com calma ai gordinha -ri.
Madie: tá muito bom, eu to amando estar aqui.
Eu: e olha que o jogo ainda nem começou -tomei um gole da coca dela que me olhou feio.
Madie: os Spurs vão ganhar, eu to sentindo isso.
Eu: O QUE? Tá brincando né? É claro que não Madison, os Lakers sempre ganham -disse como se fosse obvio, e era.
Madie: mas dessa vez vão ser os Spurs, anota ai -falou com firmeza.
Eu: vai me dizer que não torce pros Lakers?
Madie: é claro que sim, afinal quem não torce? Mas hoje estou com vontade de te contrariar -riu sapeca.
Eu: ah então é assim? Isso é uma aposta? -arqueei a sobrancelha.
Madie: não tinha visto por esse lado mas então sim, é oficialmente uma aposta! -lançou um olhar matador.
Eu: legal, e o vencedor leva o que?
Madie: -pensou um pouco- o que quiser.
Eu: qualquer coisa? -eu estava gostando daquilo.
Madie: qualquer coisa -afirmou com um sorriso.

A puxei para um beijo daqueles, tivemos que parar pela maldita falta de ar e também pelo aviso que o jogo estava para começar. O ganhador vai ter o que quiser? Essa história está ficando bem interessante.


Os tempos foram passando e como era de se esperar o meu time estava ganhando, fiquei até surpreso, jurava de pé junto que Madie não entendia nada sobre essas coisas mas estava enganado, ela gritava xingando o juiz e entendia perfeitamente tudo que acontecia e eu achando que teria que ficar explicando pra patricinha cada passo dos jogadores como quase sempre acontece quando um casal decide ir a esse tipo de lugar.


Madie: HEY SEU CUZÃO, ISSO NÃO É JUSTO, FOI FALTA! QUE RAIVA CARA, QUE RAIVA -rosnou.

Eu: como sabe dessas coisas? - não duvido muito que estava de boca aberta e vou ter que repetir, ela é incrível.
Madie: -riu- fui criada com um pai solteiro meu amor, o que acha que ficávamos fazendo juntos? Pintando as unhas?
Eu: você não existe mesmo Madison Andrews -ri a selando rapidamente.
Madie: agora fica quietinho bebê porque quero prestar atenção no jogo.
Eu: pra que? Os Lakers já ganharam gata -abracei sua cintura.
Madie: veremos Bieber, veremos.

Já mencionei aqui que sou um péssimo perdedor? Pra mim não tem essa de um dia a gente perde e no outro ganha, é sempre ganhar, mesmo em uma coisa boba como "Quem chegar primeiro no quarto ganha", se eu perder logo a 3° guerra mundial começa. E dessa vez não podia ser diferente, isso deve ser praga, não é possível, cara como os Lakers foram perder pros Spurs? Tá errado, eu tinha que ter ganhado essa, porra isso não é justo, e o que me deixou mais puto foi a cara de boba da Madie, se achando porque tinha vencido a aposta, ela ficou com aquele sorrisinho debochado jogando na minha cara.


Madie: eu disse não disse Bieber? Falei que ia ganhar! Ser foda é isso gato -gargalhou.

Eu: fica quieta vai Madison -bufei.
Madie: que isso gatinho, vai ficar com essa carinha é? Você perdeu, aprenda a viver com isso -apertou minhas bochechas.
Eu: mas eu nunca perco, nunca -falei entre dentes.
Madie: Never Say Never -riu.
Eu: chata, isso que você é, chata.
Madie: vem aqui vem neném -puxou a minha camisa me trazendo pra bem próximo dela- me beija vai, me beija daquele jeitinho que só você sabe -sua voz saiu tão sexy que eu tive que me segurar pra não gemer.

Depois dela tirar muito com a minha cara saímos de lá e eu estava dirigindo a caminho de uma lanchonete que sempre gosto de ir com uns parceiros meus. Hoje vou mostrar a ela o que é comida de verdade.


Madie: ainda não acredito que você me trouxe pra comer no Hooter's -me olhou incrédula.

Eu: qual o problema? A comida daqui é ótima -dei de ombros.
Madie: claro, a comida ou as garçonetes? -revirou os olhos.
Eu: -ri- os dois.
Madie: seu ridículo -me deu um tapinha no braço.

Aquele lugar era definitivamente o paraíso em forma de lanchonete, as garotas vinham te servir com um mini short e um decote que meu Deus, é uma maravilha, o céu.


Nos sentamos em uma mesa qualquer e não demorou muito uma loira dos olhos verdes com umas pernas perfeitas e um peitão do caralho veio nos atender, o batom dela era tão vermelho que chegava a doer a vista, era tudo sexy demais. Eu estava a ponto de pirar.


Xx: olá boa tarde, o que o gostosão deseja? -ela praticamente esfregou as tetas na minha cara.

Madie: oi com licença, ele tá acompanhado -se intrometeu em um tom ríspido.
Xx: oh que distraída que eu sou, perdão o que vão querer? -disse com um sorriso safado pra mim.
Eu: eu quero um...vou querer é...
Madie: Justin será que dava pra parar de enrolar e pedir essa merda de uma vez? -bufou.
Eu: tá, tá bom foi mal, vou querer 2 porções da especialidade da casa por favor -dei o meu melhor sorriso.
Xx: é pra já -piscou e saiu rebolando aquela bunda deliciosa, ah qual é, eu sou homem, tentem me entender um pouco vai.
Madie: viu só que absurdo? Menina mais abusada aquela -cruzou os braços.
Eu: -ri da cara que ela fez.
Madie: e você ai babando né idiota? Só faltava enfiar a cara nos peitos dela.
Eu: por favor Madie, ela era uma gostosa, quando perguntou o que desejo quase falei que queria ela todinha pra mim -mordi os lábios.
Madie: eu vou te matar Justin Drew Bieber -jogou um saquinho de sal em mim.
Eu: -gargalhei- calma linda, é brincadeira.
Madie: sei...
Eu: to falando sério -beijei sua bochecha.
Madie: sai de perto Justin. Vai curtir com as putas daqui vai.
Eu: para com isso, nenhuma delas é você sua tolinha, nenhuma delas é sexy, linda e gostosa como você!
Madie: para de mentir.
Eu: não é mentira, você que é a mais sexy de todas, você me deixa maluco Madie, doidinho -mordi seu lábio inferior.
Madie: deixo é?
Eu: -murmurei alguma coisa e ataquei aqueles lábios somente meus e de mais ninguém.

Os lanches chegaram e a patricinha quase morreu quando viu o tamanho do sanduíche, isso pra mim era moleza.


Madie: Jus, eu nunca que vou conseguir comer tudo, tá doido? -perguntou o analisando.

Eu: isso porque é uma fraca, só fica comendo essas bobeiras de salada e sei lá o que light -fiz uma careta.
Madie: eu não como só esse tipo de coisa tá bom?
Eu: não? Então tá, vamos ver quem acaba primeiro. Topa?
Madie: topo!
Eu: tá, no 3! 1...2...e...vai! -mordi um belo pedaço.

Em menos de 2 minutos tinha acabado o meu enquanto ela ainda não tinha chegado nem na metade, eu quase morria de rir do sacrifício que Madie fazia pra morder, minha barriga chegava a doer já.


Madie: para de rir de mim babaca! -disse com a boca cheia.

Eu: -ri- ai daqui a pouco vou mijar de tanto rir.
Madie: não tem graça nenhuma.
Eu: viu só, ganhei! Sua fraquinha.
Madie: você é um gordo, obeso.
Eu: somos gordinha, somos -ri.
Madie: para com isso -bebeu um gole do refrigerante pra desentalar.
Eu: bobona, vou te ajudar a comer isso -peguei metade.
Madie: caramba, pra onde vai essa comida toda?
Eu: nem te conto gata, nem te conto -nos olhamos e rimos.

...


Eu: chegamos -eu disse parando o carro em frente a sua mansão.

Madie: obrigada pelo dia de hoje, foi sem igual -sorriu.
Eu: como sempre é quando estou com você -afaguei seu cabelo.
Madie: você me faz feliz sabia?
Eu: é bom saber disso, muito bom mesmo -a beijei- você é a minha felicidade Madison!
Madie: -sorriu lindamente- não quer entrar não?
Eu: acho melhor não, seu pai tá ai...
Madie: qual problema? Vamos ou vai me dizer que tá com medo do senhor John Andrews? -riu.
Eu: claro que não.
Madie: então vem -disse saindo do carro.

Madie P.O.V


Abri a porta de casa e estava tudo bastante calmo, o único barulho que se ouvia era da TV um pouco alta na sala, segurei a mão de Justin e fomos até lá, dei de cara com meu pai dormindo sentado, ri daquela cena e me sentei ao seu lado dando um beijo em sua bochecha.


John: uh, filha! Já chegou é?

Eu: oi papai -sorri.
John: a onde você foi a tarde toda? Sophie me disse que tinha saído com aquele garoto o... -desviei meu olhar pra Justin e meu pai me acompanhou- ah, como vai rapaz? -disse em um tom sério.
Jus: senhor John -esticou a mão para um cumprimento que não foi correspondido.
Eu: -pigarreei- se lembra do Justin?
John: mas é claro, é aquele moleque problemático, estranho e perigoso que vinha aqui fazer trabalho com você e que agora não larga mais do seu pé, certo? -disse ríspido.
Eu: PAI!
Jus: não, tá tudo bem -sorriu simpático.
Eu: bem, então eu vou subir pra trocar de roupa, vem Jus?
John: nada disso, você vai e ele fica aqui te esperando.
Eu: mas pai...
John: sem discussão Madison.

Tá legal será que alguém pode me explicar essa situação? Senhor John nunca foi de implicar com os garotos que to saindo, juro que fiquei morrendo de vontade de rir da cara de bravo dele.


Tomei um banho rápido pois estava um calor danado e coloquei uma roupa fresca, quando voltei pude ver a cena mais hilária de todas, meu pai e Justin sentados no sofá, Justin inquieto e John o encarando com um olhar de maníaco, já podia prever a hora que Jus sairia correndo dali.


Eu: to vendo que o papo está realmente bom -fui o mais irônica possível.

Jus: ah Madie, que bom que voltou -ele praticamente saltou do sofá e veio pro meu lado.
Eu: e então? Sobre o que conversaram?
John: não muita coisa, parece que seu amigo não é muito de falar.
Eu: ou o senhor estava assustando ele? -ri.
John: que isso querida, imagina.

Foi quase um sacrifício convencer ele de deixar eu e Jus virmos pro meu quarto.


Eu: nossa sério, me desculpa pelo meu pai, não sei o que deu nele -disse abrindo a porta.

Jus: foi muito estranho -riu e se jogou na cama.
Eu: bota estranho nisso, viu só a cara dele? -me deitei ao seu lado.
Jus: vi sim, acho que ele não gosta muito de mim!
Eu: ele só não te conhece como eu conheço -acariciei seu cabelo.
Jus: então você me conhece muito é? -disse esbarrando sua boca na minha.
Eu: como ninguém -o beijei.

Não me canso de dizer que o beijo dele é o melhor de todos, é tão suave e intenso, romântico e selvagem, me tira do sério, me faz não pensar em mais nada a não ser eu e ele, a não ser nós e no que estamos construindo juntos.


Jus: ei, esses dias aconteceu uma coisa muito boa, acho que você vai gostar de saber.

Eu: é mesmo? E que coisa é essa?
Jus: bom, é que eu tinha saído pra dar uma volta e encontrei com uns caras, uns moleques que costumavam me acompanhar nas merdas que eu fazia antes e a gente ficou um tempo conversando e adivinha?
Eu: o que? Fala logo.
Jus: a conversa foi indo e eles me ofereceram um baseado, uma droga daquelas sabe?
Eu: O QUE? VOCÊ SÓ PODE ESTAR BRINCANDO NÉ? NÃO PODE -ele me interrompeu.
Jus: e eu não aceitei, simplesmente olhei pra aquilo e vi que não precisava mais, eu lembrei de você e lembrei que um dia prometi tentar parar por você -ele sorriu perfeitamente.
Eu: ai meu Deus Justin! Essa é a melhor coisa que você já me disse -agarrei seu pescoço- eu to muito orgulhosa, orgulhosa demais -o enchi de beijinhos.
Jus: e-eu gosto muito de você Madie, muito mesmo.
Eu: eu gosto de você também Jus, muito muito.

Ele pegou em minha mão e ficamos apenas nos admirando um bom tempo, eu amava olhar dentro daqueles olhos, observar cada detalhe daquele rosto tão maravilhosamente perfeito. Justin é tipo um Shrek sabe? Um ogro idiota, grosso, chato, mal educado, sem modos, insensível, mulherengo mas depois que você realmente o conhece pode ver que por trás disso tudo existe um cara com um coração de ouro, ele é uma pessoa boa, sabe ser romântico e me faz sentir especial, me faz sentir linda, esse ogro com cara de príncipe encantado é tudo que eu preciso.


Eu: quase ia me esquecendo, eu ganhei a aposta lembra? Posso ter tudo o que quiser.

Jus: ah é verdade, mas eu também ganhei lá na lanchonete, então nós dois temos direito.
Eu: nada disso, a gente não apostou nada lá.
Jus: para vai, assim é mais divertido -me lançou um olhar pervertido.
Eu: já que é assim, o que vai querer? Pode mandar Drew.
Jus: o que eu vou querer? Boa pergunta...
Eu: só não exagera viu!
Jus: só tem uma coisa que eu quero mais que tudo nesse mundo.
Eu: o que é? Pode mandar.
Jus: você Madie, eu quero você e mais ninguém -sussurrou.

Aquelas palavras me arrepiaram por completo, caralho ele só pode estar querendo me matar, não é possível. O garoto misterioso em um piscar de olhos me girou na cama ficando por cima de mim e encarou meus lábios por uns instantes logo tomando-os, sua mão passeava por todo meu corpo e ele dava leves apertões em certos lugares, eu segurava sua nuca o puxando mais pra mim, Justin distribuía beijos pelas minhas pernas, barriga, pescoço e orelha,  um calor imenso tinha subido e era como se eu precisasse dele colado a mim, como se precisasse que fossemos apenas um só.


John: já está tarde, acho que chegou a hora do Justin ir embora -entrou no quarto sem ao menos bater nos fazendo dar um pulo e sentarmos afastados um do outro.

Eu: o senhor poderia pelo menos ter batido na porta -fui um tanto rude.
John: pra que? Vocês não faziam nada demais, certo? -sorriu de lado.
Jus: mas é claro que não -pude sentir sarcasmo em seu tom de voz.
Eu: eu tinha pensado no Justin dormir aqui hoje pai...
John: ah, ótimo então vou pedir pra alguém arrumar o quarto de hóspedes pra ele -sorriu.
Jus: -me olhou- não precisa senhor, vou pra casa mesmo! Obrigado.

O levei até a porta e assim que sumiu de minha vista entrei, voltei pro quarto e meu pai estava sentado na cama me olhando com uma cara nada boa.


Eu: será que o senhor pode me explicar o porque desse show todo? Você nunca foi disso pai!

John: eu não gosto desse garoto Madison, não quero você andando com ele -disse quase em um grito.
Eu: o senhor não pode me impedir! Eu tenho quase 18 anos, ando com quem bem entender.
John: você ainda é minha filha, e será que não consegue ver que ele não é boa companhia? Andei me informando sobre a vida desse garoto e não fiquei sabendo de nada bom.
Eu: agora além de tudo virou investigador? Por favor John.
John: não me chama assim, EU SOU SEU PAI! E ESTOU DIZENDO QUE NÃO TE QUERO PERTO DELE.
Eu: E EU NÃO QUERO SABER, EU GOSTO DO JUSTIN E VOCÊ NÃO VAI ME IMPEDIR DE O VER, ELE ME FAZ BEM PAI, ME FAZ FELIZ, ME DÁ CARINHO E ATENÇÃO, VOCÊ NÃO O CONHECE, PARA DE JULGAR SEM SABER DE MERDA NENHUMA.
John: eu só me preocupo com você filha, só isso.
Eu: mas não precisava tá bom? Ele é um bom garoto, acredita em mim.
John: tá certo, só se cuida e qualquer coisa me avisa que quebro a cara dele -riu e me abraçou.
Eu: eu te amo pai.
John: eu também amo você filha -beijou minha testa e saiu.

Me deitei e encarei o teto sem pensar em nada, as vezes é bom apenas relaxar com a mente vazia. Uns minutos depois fui interrompida por meu celular tocando.


Jus: oi Madie, só liguei pra avisar que cheguei em casa -ele parecia sorrir.

Eu: ah que bom que ligou, tá tudo bem por ai?
Jus: tá sim, e ai como foi com a fera? -rimos.
Eu: nós conversamos, ele só queria me proteger do garoto problemático, estranho e perigoso que eu to andando.
Jus: ah é? Então você também acha que eu sou isso tudo?
Eu: acho! Mas ele se esqueceu de uma coisa.
Jus: o que seria?
Eu: idiota, muito idiota -ri.
Jus: bobona.
Eu: chatinho.
Jus: seu pai tá certo, eu sou tudo isso mesmo -falou desanimado.
Eu: é, talvez ele esteja mesmo, mas sabe de uma coisa? Você não precisa se preocupar.
Jus: por que não?
Eu: porque é exatamente dos problemáticos, estranhos, perigosos e idiotas que eu gosto.

CONTINUA....



Leu? Tweet Isso.   
Oi genteeeeeeeeeeeeeee, como vão vocês? Quanto tempo né, eu sei que demorei pra caralho, eu sei, sei também que sou uma péssima dona de blog e que talvez nem tenha comprometimento com vocês, podem me chamar do que quiserem. Eu realmente ando desanimada pra postar pela falta de comentário e por outros motivos, as vezes acho que minha fanfic não é boa o bastante e tenho vontade de parar, fora que a minha escola nova é super difícil e se eu não começar a me esforçar vou acabar repetindo de ano! Mas sabe eu sinto falta de vocês, falta de escrever, de ler os comentários, o ultimo capitulo não chegou a 90 comentários por isso não postei antes, isso me deixa triste! Mas aqui está mais um cap, ESSE FICOU BEM GRANDE NÉ? EU ADOREI E VOCÊS? E eu vou continuar, comentem, divulguem o blog e a fanfic, tenham paciência, juro que não vou demorar muito pra postar o 23, depende de vocês também! 

CONTINUA COM +60 COMENTÁRIOS DE PESSOAS DIFERENTES, VAMOS COMENTAR GENTE, É IMPORTANTE PRA MIM! Beijos amo vocês -drissy(@whosthatdrews).

67 comentários:

  1. Ai meu amor n fica triste pq todos adoramos sua Fic e todos amamos vc! A sua Fic realmente n é boa o bastante.... ELA É A MELHOR!
    N se desanima com a falta de coments pq quem n comenta é INGRATO! Eles n sabem o quanto é desgastaste e trabalhoso escrever, n sabe que a gente perde tempo, não sabe q agente faz tudo por amor... ELES SIMPLESMENTE N RETRIBUEM! E olha vc NÃO posta se n tiver 60 pq foi o q vc pediu e será o que vc quiser, tem que deixar eles verem o que é bom! Me lembro q quando vc demorou apareceu né 115 pessoas pra falar do seu atraso, mas quando é pra parabenizar eles n aparecem mas eles tem a OBRIGAÇÃO DE COMENTAR NESSA PORRA!
    Quanto a sua escola bota ela em primeiro lugar pq ela importa muito mais do que esses ignorantes!
    (É claro que tem MUITAS gatinhas que comentam ;))
    Mas enfim CONTINUA GATA MARAVILHOSA! FIRST! Agora que eu vou ler hahahaha

    ResponderExcluir
  2. ingrid (@DrewMyWorld_)15 de março de 2013 12:46

    Que perfeito, meu deus com certeza esse foi o melhor capitulo, continua <3

    ResponderExcluir
  3. awn' melhor capitulo de todos, ou não <33 brincadeira
    Amei demais esse capítulo, de verdade *-*
    Quando eu vi que tu tinha postado eu dei um berro de tanta felicidade que até os vizinhos escutaram, sério. haha'
    Eu só achei o Justin bastante sem-vergonha, fiquei indignada com o que ele disse, mas ta perfeito assim mesmo,, u.u
    Gata, por favor, continua!?
    xx ;* by: @minajasbian

    ResponderExcluir
  4. Aaaaah nem vem sua IB nem ta chata, pelo contrário, ela e muito maravilhosa, eu fico horas e horas lendo ela , ela me faz sentir em outro mundo, o mundo onde so tem e, Justin e a sua IB hahah a minha escola tbm está mtt difícil, isso complica um pou,o de ler as IBs que leio, mas sempre que posso eu comento, eu fiquei um periodo sem ler as imagines, por que no final do ano passado e ínicio desse ano perdi 3parentes queridos, mas bola para frente, e agr vai fi,ar um pouco mais complicado pois meu niver de 15 anos e daqui a 3 meses, e eu ainda n vi nada.. Mas, ok.. ,continua, smppp que eu puder eu vou comentar. Beiiijos e continua logo logo
    @Belieberdada
    Instagram: hellodylannac

    ResponderExcluir
  5. Pelo amor de deus, sua ib é a melhor do mundo!!!!! Eu amei esse capitulo, achei lindo!!!!! enfim, posta logo o outro!! rs @carololiveira8

    ResponderExcluir
  6. Perfeitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo esse capitulo. Eu tava morrendo de saudade de você e da sua IB , achei até que você ia parar de escrever. Entrava todo o dia aqui e nada de você postar, quase entrei em depressão sahusahuashuas . Ta otimo esse capitulo , amei realmente. Espero que você continue logo ,ta perfeito ♥ . By @Kidrauhlironico

    ResponderExcluir
  7. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah ta perfeito dms @drewgifted

    ResponderExcluir
  8. perfeita perfeita perfeita, ta muito perfeita lasjkdajs afu continua <3

    ResponderExcluir
  9. ihhhhhhhhh nem vem,a ib ta otima,muito pelo contrario,ela é a melhor ib do mundo,eu fico horas lendo ela,e me faz sentir bem lendo ela,enfim esse capitulo foi lindo...posta logo o outro rs @tata_mansur

    ResponderExcluir
  10. kaaaaaaaaaralho que diva, se tá na perfeição vélho , daria tudo p ter uma criatividade assim , plmdd , se diva , e acha q nau é boa o suficiente , veeeeelho , é perfeita , eu amo/adoro essa ib sério , é boa o suficiente sim , alias ótima , se divaaaaaaaaaaaaaaa , i need more , ou sl , KKKKKKKKK , continua DIVA. <3 . @heyju3_

    ResponderExcluir
  11. Que perfeição!!!! Sério, cra o Justin é tão perfeito, tão meu ;3
    Continua.... e não demora não pfv, eu amo essa ib...

    ResponderExcluir
  12. Parar de postar? COMO ASSIM????
    Vamos cambada comenta!!!!!!!!! PARA NÃO AMOR
    achei tão fofo esse capítulo *.* Continuaaa

    ResponderExcluir
  13. Nossa deus , que maravilha dessa , ficou incrível de tantos comentários hilários que eu já fiz (bons sempre) hoje me falta palavras , perfeito define e como eu sempre digo nao se importe com os outros , porque acima de nos vem você , faça por você , nos somos um brinde do seu amor pelo Jai e dedicação pelo blog maravilhoso

    Um grande bjo @mysecret_juuh

    ResponderExcluir
  14. Amor sua fic é perfeita! Se você parar eu tenho um infarto huahsuag serio! Não liga pro que os outros dizem ta? @DreamyBeelieber♥

    ResponderExcluir
  15. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH MEU DEUS QUE PERFEIÇÃO ESSA ?? NUNCA MAIS DEMORE TANTO PRA POSTAR, QUASE TIVE UM TRECO AQUI ! CONTINUA PELO BIEBER AMADO !

    ResponderExcluir
  16. Omb, eu vivo dizendo e vou continuar dizendo, sua fic é pfta, a melhor de todas, todas as fics que vc escreve são pftas, e como assim parar de postar?? Sério, não liga pra essas idiotas que te dizem besteiras, isso é despeito pq vc é linda, escreve mto e recebe amor das suas fanzocas aqui que amam tua fic, bem, eu falo mto, então vou deixar pra falar mais o quanto sua fic é pfta e o quanto vc é genial no próximo cap, ok?? Bj de uma drissynatica u.u //@kissmydrauhl @howmccann @itslifecyrus

    ResponderExcluir
  17. Continua. Amei o cap. To amando a IB. Tenta nn drmorar please :P

    ResponderExcluir
  18. CARA Q FODA MAN,CONTINUA POR QUE TA MUITO PERFEITO,MORRENDO DE FELICIDADE,PARABENS DRISSY,VOCÊ É MUITO FODA *U*

    ResponderExcluir
  19. mds drissy que capitulo perfeito!!! sua fic é foda, plmdds n desanima n hein. obrigada por esse cap big <3

    ResponderExcluir
  20. Você não pode para essa história não!!! É uma das minha favoritas :D Continua *-*

    ResponderExcluir
  21. CONTINUUUUUUA,N PARA A HISTORIA PLEASE

    ResponderExcluir
  22. OMG *O* Ameei de maaaaais ! sério, continue o mais rápido q puder!! essa é a ib mais perfeita q eu ja li ! <3 @Victoria_ssb

    ResponderExcluir
  23. Ahhh continua please perfect d++
    Bia

    ResponderExcluir
  24. TA PERFEITO CONTINUA *U*
    @mrsexybiebs

    ResponderExcluir
  25. continua tá perfeito demais amei super fofo continua por favor

    ResponderExcluir
  26. Ta muuuito peerfeito , não desista .. o JUSTIN nos ensinou a nunca dizer nunca . beeeijos s2

    ResponderExcluir
  27. P-E-R-F-E-I-T-O cara, continua aww

    ResponderExcluir
  28. Isso q é perfeição caraa !! ameeei

    ResponderExcluir
  29. Vc merece todos os coments q existeem, essa ib é a MELHOR !! love ya @Prince_of_Swag

    ResponderExcluir
  30. ta perfeita a a a, continua logo amr []

    ResponderExcluir
  31. ta P E R F E I T A a fanfic, não sou fã do JB, mas to amando! Continua, por favor =))

    ResponderExcluir
  32. Nossa amor que perfeito continua!

    ResponderExcluir
  33. perfeito na boa...
    continua (:

    ResponderExcluir
  34. na boa vc demora um século pra postar e quando posta ainda fica com drama vc não dá o minimo valor as leitoras que tem '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não meu amor, você tá muito enganada, eu dou sim muito valor as minhas leitoras, elas são as melhores mas eu deixei bem claro que continuaria quando chegasse a 60 comentarios de pessoas diferentes e ainda não chegou, não posso fazer nada -drissy :))

      Excluir
  35. VAMO COMENTAR ESSA PORRA PQ A DRISSY MERECE!

    ResponderExcluir
  36. pode. Cre. Anônimo kk continua linda!

    ResponderExcluir
  37. amor, teria chances de você se afiliar ao meu blog?
    http://dreaming-with-justinb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  38. continua amr, q ib perfeita :3

    ResponderExcluir
  39. Gostei do cap amora.! Leitora nova aqui!

    ResponderExcluir
  40. UHUUUL MAIS UMA PERFEIÇÃO ESCRITA PELA DRISSY!! Kkkkkkkkk modo exagerada OFF ! Continua lindah *-*

    ResponderExcluir
  41. continua.................

    ResponderExcluir
  42. continua princesa, ta perfeito <>

    ResponderExcluir
  43. sua ib é perfeita, continua por favor

    ResponderExcluir
  44. continua leitora nova meu twitter é @biebersmymaniaa

    ResponderExcluir
  45. Continua DRISSY sua diva! Vc merece mais de 6255279475173882752838165372552726553739272655291973365363893726159490304949004724362728553793 comentários ! u.u kkkk te amo! Continua logo

    ResponderExcluir
  46. continua..............

    ResponderExcluir
  47. CONTINUA PELO AMOR DE DEUS! DE LANNA

    ResponderExcluir
  48. Continua DRISSY ta maravilhoso

    ResponderExcluir
  49. CONTINUAA please eu to mto ansiosa!

    ResponderExcluir
  50. Amr, divulga meu blog? pf :c
    http://biebercometrue.blogspot.com.br/
    Se quiser, eu divulgo o seu tbm :)
    Obrigada anjo, bjs :*

    ResponderExcluir
  51. Na boa sua ib é um lixo, você não da o minimo valor nas suas leitoras, e outra vc pede 60+ comentarios, mas sua ib nem é tão boa como a da drih por exemplo vc sabe que vai demorar pra chegar, metade disso é drama e frescura da sua parte '-'

    ResponderExcluir
  52. PLMDDS !!! continua essa perfeição !! vc escreve muito beeem, sinto sua falta !! <3 @Victoria_ssb

    ResponderExcluir
  53. porra, você postou esse capítulo a 1 mês atrás, eu amo sua fic, ela é muito boa e você é uma ótima escritora. Mas você pede +60 comentários, chega aos 60 comentários e você nunca posta, demora demora demora e quando posta faz um pouco de drama. Ok, a gente demora um pouco pra comentar, mas já chegou a +60 a um bom tempo, eu acho que você deveria dar um pouco mais de valor pra isso aqui. Eu sei que você tem que estudar, viver sua vida, mas isso é uma responsabilidade. Não estou te julgando, muito pelo contrário, estou abrindo seu olho pra dizer que uma hora as leitoras cansam de esperar e param de ler. Enfim, como eu já disse eu adoro sua fic, a história é boa e você escreve bem. Continua!

    ResponderExcluir
  54. NÓS PRECISAMOS DE VC ! PFVR CONTINUUUUA

    ResponderExcluir
  55. Amei.

    Nunca desista de postar, ok querida linda :)

    by: Camila Belieber
    @FCjdbfort2

    ResponderExcluir